Antonio Díaz Grande

Sou um autor autodidata. Crio obras multidisciplinares elaboradas através de um processo de imagens, formas e ideias que se relacionam umas com as outras, criando um discurso global em detrimento da peça isolada. O meu trabalho baseia-se, principalmente, no espaço doméstico, nos seus usos e nas suas personagens que podem transitar, intervir ou provocar alguma atividade sobre ele, transformando-o ou dando-lhe sentido. Nos meus projectos alimento-me dos recursos decorativos destes espaços, do mobiliário como objecto principal, figura e fundo, os quais servem para falar de seus géneros e identidades. Ocasionalmente, realizo projectos com o artista Raúl Hevia, com quem fiz parte do desaparecido colectivo “Los Dobles”.   

 

1. Antonio Díaz Grande

Antonio Díaz Grande

2. O que vês quando olhas para a tua obra?

Questões, incógnitas, processos incompletos, dúvidas pessoais sobre questões vitais. Trabalho sobre as minhas perguntas sem resposta em torno ao ser humano.

3. Que elementos não podem faltar numa exposição tua?

Objetos, imagens, passado, ficção e ironia.

4. O teu processo artístico em poucas palavras.

Acumular objetos, imagens, ideias; o conceito e a história nascem de um processo cumulativo, depois vem a forma, descartando e agregando. Cada trabalho ou série varia em quanto a formatos e técnicas em função do tema desenvolvido.

5. Artistas vivos ou obras que são uma referência para ti.

Não tenho sentido afinidade com o fenómeno da cultura FAN em nenhuma das suas vertentes. Interessam-me mais os campos de trabalho dos artistas do que os nomes próprios.

6. Tendências que tens percebido ou acompanhado nas artes contemporâneas nos últimos 15 anos.

"Tendência" é uma coisa que deveríamos eliminar da linguagem criativa.

7. O que é que tu colocarias no teu cabinet de curiosités?

As chaves das casas de 100 pessoas com mais de cem anos.

8. A experiência como artista residente no CDAP.

CDAP foi sinónimo de grande profissionalismo, amabilidade, saber fazer num dos melhores marcos nos quais se pode desenvolver um projecto. O espaço em si mesmo é uma mistura de desafio e prenda, a equipa é um exemplo.

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago