Isaque Pinheiro

No caminho da arte preconceitual

Lixo são coisas descontextualizadas. Mas uma representação de uma casca de banana atirada ao chão poderá em algum momento ser lixo? São questões lançadas por Isaque Pinheiro ao apresentar as suas intervenções com elementos em madeira e mármore, em distintos espaços do Carpe Diem Arte e Pesquisa, intituladas de No caminho da arte preconceitual.

BIOGRAFIA

Isaque Pinheiro (1972). Vive e trabalha no Porto. Para além de exposições individuais em galerias com que trabalha, assim como Galeria Presença no Porto, Galeria Caroline Pagès em Lisboa, Galeria Mário Sequeira em Braga, Esther Montoriol em Barcelona, Laura Marsiaj no Rio de Janeiro, ou Galeria Ybakatu em Curitiba, entre outras, destacam-se também participações em exposições coletivas como por exemplo no Stenersen Museum em Oslo, Centro Galego de Arte contemporânea em Compostela ou Caixa Cultural do Rio de Janeiro.

Página do Artista

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago