Manuel Caeiro

33” de fama
 
Manuel Caeiro (Portugal)
 
 
A obra que Manuel Caeiro apresenta no Carpe Diem Arte e Pesquisa, 33” de fama, trata a construção da personalidade do ponto de vista estético, da pessoa enquanto ser pensante, mas vaidoso. O artista aproveita a situação do espaço, neste caso as escadas do Palácio Pombal, para intervir de forma que haja interação do espectador com a obra. Caeiro convida o público a entrar no ‘espetáculo’ através de um red carpet, como se fosse ele o actor ou o artista. Duas estruturas de grandes dimensões, num exercício de tromp l’oeil tridimensional, fazem a porta triunfal que acolhe a população que habita este espaço. O artista completa a obra com uma ‘reportagem fotográfica’ que regista os momentos de subida e descida do espectador pelo red carpet.
 
Em 1968, Andy Warhol afirmou que todos terão os seus 15 minutos de fama. Com esta peça, Caeiro oferece a cada pessoa 33 segundos de fama.
 

Manuel Caeiro nasceu em Évora (Portugal) em 1975. Artista com carreira reconhecida em Portugal e que gradualmente é reconhecido internacionalmente. Estudou na Faculdade de Belas Artes na Universidade de Lisboa e expõe regularmente desde 1999 em vários países, a sua obra está representada em várias colecções internacionais. 

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago