José Carlos Teixeira

THE FALL, o exercício da queda

José Carlos Teixeira (Portugal)
 

Como artista e vídeo-maker, José Carlos Teixeira busca construir um discurso e experiência estéticas que não se distanciem das questões psicológicas, sociológicas e antropológicas que funcionaram desde sempre como base de trabalho na sua obra: a noção de limite e fronteira, o conceito de identidade e alteridade, as realidades subjacentes às diásporas (físicas e mentais), às migrações e aos exílios vários.

No Carpe Diem Arte e Pesquisa o artista apresenta a instalação The Fall, o exercício da queda, que engloba uma componente audiovisual (vídeo) e uma dimensão objectual-textual (arquivo), explorando em múltiplas abordagens as ideias nucleares de alteridade e de queda. Partindo da definição de fall, que na etimologia e semântica inglesas se reveste de diversas interpretações, avanço numa investigação visual, performativa e teórica, a um tempo só.  Considerando o potencial literal e performativo, mas também a complexidade simbólica e metafórica a este conceito associada, as filmagens convocam participantes a um espaço cénico (o palco enquanto signo e lugar). A videografia resultante incorpora os gestos e as palavras, consequências de um só pedido: cair.

No primeiro vídeo, a banda sonora é da autoria do compositor David Miguel, marcando deste modo a sua primeira colaboração com o artista.

 

Apoio : Fundação Calouste Gulbenkian, no âmbito do programa de apoio e divulgação artísticas

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago