Videobrasil / Colecção de Autores

MAU WAL: Encontros Traduzidos (2002)
Fabiana Werneck e Marco Del Fiol

SINOPSE

Maurício Dias e Walter Riedweg costumam dizer que seu atelier são as ruas. É da observação delas e dos que as povoam que surgem instalações sobre encontros, identidade e territorialidade. Brasileiro, Dias encontrou o suíço Riedweg em 1993. Juntos, descobriram ser capazes de potencializar ideias. “Esse casamento se transformou em MAU WAL”, conta Dias. Neste documentário eles apresentam seus trabalhos e os diferentes personagens por trás deles: gente que compõe o dia-a-dia das grandes cidades. Vendedores ambulantes de uma feira nordestina em São Paulo, migrantes ilegais em busca do sonho europeu, adolescentes de rua e suas memórias. Através de histórias ou do papel que exerce, o elemento humano ocupa sempre espaço central na obra da dupla MAU WAL.

BIOGRAFIA

Fabiana Werneck. Rio De Janeiro, Brasil, 1972. Historiadora e crítica de arte, Fabiana Werneck Barcinski é formada em Desenho Industrial, com especialização em Arte e Arquitetura do Brasil e Mestrado em História Social da Cultura, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio. É autora, junto com Vera Beatriz Siqueira, do livro Ivan Serpa (2003); escreveu biografia de José Resende para publicação sobre a obra do artista pela editora Cosac & Naify e ensaios sobre artistas visuais contemporâneos, como Nuno Ramos e Claudio Elisabetski. Em 2005, foi roteirista do documentário Marepe, dirigido por Marco Del Fiol, com quem codirigiu o documentário MAU WAL: Encontros Traduzidos (2002) para a série Videobrasil Coleção de Autores. É editora da linha infanto-juvenil do selo Girafinha, da editora A Girafa.

Marco del Fiol. Curitiba, Brasil, 1971. Realizador, argumentista e editor de documentários e longas-metragens. Para a coleção Videobrasil Coleção de Autores, co-dirigiu também MAU WAL: Encontros Traduzidos (2002). Para o Instituto Itaú Cultural, realizou Emoção Art.ficial 2.0 (2004). Para o Centre Pompidou de Paris, Marepe (2005). Assina a edição e coordenação dos DVDs Nomadismos: homenagem a Waly Salomão (2003) e Antologia Videobrasil de Performances (2005), da Associação Cultural Videobrasil. Colabora desde 1999 com a ONG Cedac nos vídeos do Programa Escola que Vale, da Fundação Vale do Rio Doce. É professor de edição e realização da Miami Ad School de São Paulo.

Videobrasil

Toggle collapsible region

desenvolvido por white imago